Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sábado, 5 de novembro de 2011

férias

voando entre o mar e o ar tão leve como a espuma
num carroussel de movimentos doces de algodão azul
rodeado de aves e aves coloridas de mariposas floridas
palmeiras exóticas e coqueiros vermelhos
aterro abruptamente num pesadelo chão
estremunhado acordo nas covas amareladas dum colchão
que porra esta, tão bem que ia, logo agora no melhor da festa
tictac do relógio pôs me em ação com a breca dez prás dez
corre paulo corre ólha ó patrão
banho barba café fruta e pão
longo caminho  matinal
que merda de sonho fui eu descortinar
agora que me lixaram a verba do subsídio de natal

Emílio Casanova

Nenhum comentário:

Postar um comentário