Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

domingo, 1 de setembro de 2013


slowly 
really slowly 
I breath air of your mouth 
your sky 
belongs to me
in cotton clouds
of sweet blue sky

who has brought
this calm sea
that agitates itself 
filling in the tidal wave
raises to my rivers 
searching its margins
in the delta
in the vertigo 
of your womb

when you feel me
in the tidal wave
it starts raining in the temple 
without a moment 
to retreat 
life thunderstorm
regrows

joaquim vairinhos
tradução : Helena D'Alpoim

Cumplicidades

Pois é...

é por isso
que me recolho
leio...escrevo...sonho...
cozinho...bebo...
mergulho...
amo as coisas simples...
vegeto entre pensamentos...
bailo com palavras
navego mares marcianos...
busco perceber
quem são meus cúmplices
neste espaço de encontros
nos tempos de hoje
que também são meus tempos

onde estão meus cúmplices

como preciso deles...

Joaquim Vairinhos