Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Doença

Minha casa se transformou
passou a ser tu,
tua febre cai. Termómetro cai
transforma-se em minúsculas
bolinhas cintilantes prateadas
deslizantes no alvo chão.
Minha febre és tu,
no silêncio das noites perdidas
voa o tempo dias contigo,
no  peito criei hospital
dia e noite cuido em ti.

Emílio Casanova, in “Maria”

Nenhum comentário:

Postar um comentário