Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sábado, 18 de maio de 2013


Não troco o prazer do meu silêncio
por qualquer companhia :
não que o meu silêncio seja de ouro
não que o meu silêncio seja de prata
não que o meu silêncio seja diamante

Ser cresce nos silêncios :
sonha
fantasia
imagina
deseja
ama e cria

Não troco o ouro do meu silêncio
não troco a prata do meu silêncio
não troco o diamante do meu silêncio

por qualquer companhia

[By Emilio Casanova]


No cambio el placer de mi silencio
por la compañia de cualquiera:
No es que mi silencio sea oro
No es que mi silencio sea de plata
No es que mi silencio sea un diamante

el ser crece en silencios :
de sueños
de fantasías
de imaginación
de deseos
para amar y crear

No transo el oro de mi silencio
No transo la plata de mi silencio
No transo los diamantes de mi silencio

por la compañía de cualquiera

[Traducido por Alfonso A. Tobar/ TheX]

Nenhum comentário:

Postar um comentário