Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Quarto de casa apresenta-se branco
negro branco
num retângulo de cantos
alegres desavindos
mira espelho paisagem
numa pintura deformada
de margem para margem
num carnaval sem glória
espreitam janelas pardas
de verde fosco escorrente
esfriam memórias
em tempos circunstantes
fenece a lentidão dos dias
apascentando melros de negra alvura
nas tardes soalheiras
contradizendo calendas
d'épocas vividas

emílio casanova

Nenhum comentário:

Postar um comentário