Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Na casa dos ventos
onde moram as aves
encontrei nas nuvens
mensagens em espiral
nunca me disseram 
o que contavam
cá para mim era magia
talvez numa sala 
onde guardavam 
os suspiros de amor
ou quem sabe
lágrimas da dor de amor
ainda hoje me interrogo
para onde vão todos 
os amores
os conseguidos
os perdidos
e para onde vão as lágrimas 
de amor
há quem diga que vão para o mar
outros dizem 
que regam as lindas orquídeas
penso que quando escorrem pela 
face
deixam sinais que marcam 
rugas na alma
e que procuram levar ao coração
momentos diversos de calma 
como descanso das paixões.


emílio casanova

Nenhum comentário:

Postar um comentário