Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Manuel Alegre

editorial

O rápido posicionamento de Manuel Alegre

Dn - Hoje

Manuel Alegre está pronto a anunciar a sua decisão e já ninguém acredita que esse pronunciamento seja outro que não o de que é mesmo recandidato à Presidência da República. Com agenda cheia, plena de convites dirigidos por apoiantes seus, o histórico socialista dá sinais de querer evitar aquele que foi o seu maior erro de 2005: prolongar a formalização da candidatura. Nessa altura, Alegre perdeu o comboio socialista; agora, pretende condicioná-lo à partida.

Na última semana, outro dirigente socialista veio a terreno deixar o alerta: o PS deve procurar rapidamente o seu candidato a Belém. Foi Carlos César, cujo desentendimento com Cavaco a propósito do Estatuto dos Açores marcou a história do fim da cooperação estratégica entre Belém e São Bento. César - que admitiu até o apoio a Alegre, a bem do entendimento da esquerda - tem um objectivo claro: derrubar Cavaco. E entende que para isso é preciso ser rápido nas escolhas, deixando menos espaço ao actual Presidente.

Essa estratégia será, também, a de Alegre. Mas está longe de reunir consensos no interior do PS. Em Dezembro, de resto, enquanto o poeta acelerava a ronda de contactos com o seu país de apoiantes, os mais altos dirigentes do partido mostravam a mesma indefinição de há quatro anos. Ora foram os soaristas a deitar nomes para a estrada (de Jaime Gama a Ferro Rodrigues); ora foram os mais próximos de Sócrates, como Pedro Silva Pereira e António Vitorino, a dizer que o assunto está longe da agenda de prioridades de quem decide.

O certo é que o mais que provável rápido posicionamento de Manuel Alegre vai mesmo obrigar os socialistas a uma decisão mais rápida. E as presidenciais, com Alegre no caminho e Cavaco também, vão mesmo marcar o início de 2010.

Um comentário:

  1. Manuel Alegre vai ter o apoio da maioria do eleitorado português. É necessário derrotar Cavaco Silva.
    Os portugueses, em minha opinião, estão saturados dos principais protagonistas da cena política.
    Manuel Alegre deve ser sem mais delongas, sem jogos palacianos , anunciado pela direcção do PS como o candidato a apoiar pelo partido.

    ResponderExcluir