Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014



E o silêncio fez-se corpo
em imaginação absorvente
nas alvas dobras do carinho

minha boca era a tua
naqueles lábios
de ansioso desalinho

eram verdes os diamantes
nos olhos de estrelas
sorridentes

nesse escuro universo
eram alvas as madrugadas
de rosas em lençóis voadores
onde alcançavas
os sons da montanha
nos picos agrestes
de himalaias de esperança

mãos restaram cheias
de brancas pétalas
no tapete adormecidas.

Emilio Casanova

Nenhum comentário:

Postar um comentário