Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sábado, 21 de dezembro de 2013



E assim sem caminho vou indo
Levitando em tapete de flores
Nunca pisando agrestes espinhos
Levando nos braços velhos amores

De tudo a vida tem um pouco
Mitos dogmas poesia promessas
Lutas liberdades esperanças
Enredos desafios e tranças

Visto todas as alegrias sem pressas
Esperando a luz das sabedorias
Através das vidraças de minha alma
Saboreando as sementes dos dias

Às vezes pisando dores outras beijando flores
Quero apenas viver e amar sem frestas
Sabendo que tudo na vida tem dissabores
Das fraquezas das arestas faço minhas forças

Joaquim Vairinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário