Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

segunda-feira, 21 de outubro de 2013


Como apetece balançar
meus pés
dentro de teu bojo 
gasto por longas
fadigas

sentir na pele
as doces maresias
salgadas
nos suores noturnos
de músculos
tendões e sonos
de pescadores

viajar na maré
azul do teu casco
desbotado
pelas garças brancas
inquilinas
de tuas tardes de
sol

descansar
meu pensamento
ferido
pela crueldade
desse burburinho
aterrador
de fim de tarde
da nossa cidade

bela chata azul
da ilha

minha vizinha.

Joaquim Vairinhos, in "Diário da Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro"

Nenhum comentário:

Postar um comentário