Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

sábado, 15 de junho de 2013



cavalos de olhos verdes

como esses olhos têm mar
ondas de tristeza sofrida
saudade de saudades
em areias finas

como esses olhos têm mar
em verde salgado de lágrimas
repetidas em dias felizes
nas horas da chegada

como esses olhos têm mar
marés de abraços em algas
alimento de paz nas horas calmas

como esses olhos têm mar
nas tardes ansiosas de espera
alimento de cavalos famintos

joaquim vairinhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário