Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

terça-feira, 15 de janeiro de 2013



Ela era pesada
disforme
mal vestida
anafada
mal arranjada

era gorda e feia

em dona marta
favela intervencionada
morava

botafogo era ali

tez branca
nuns olhos verdes
pintados sem tinta
parecia santa às vezes

tinha um sorriso lindo
num olhar ardente
por onde passavam
oceanos de estórias
que atirava à minha
história
em dias de conversa
de perdição...

de angola contava
lendas
das terras da lunda
ao namibe


chegara aqui
de procuração
pelo português antónio
que a trouxe
pela mão

botafogo era ali

como era bela
a Mónica feia
gorda
que vendia livros
usados
flores em primeira mão
que antónio carregava
para a banca da estação

ontem fez sol
ontem fiquei triste
ontem ela
a gorda feia partiu
já não mora ali

da favela dona marta
mudou-se para s.joão
terra de todos
que
de partida vão

vi
aprendi
saudosamente
com ela
na grandeza de sua alma
que feiúra e beleza
coexistem na harmonia
na cara coroa
da duplicidade do universo
presente na natureza

abracei António
no sortilégio das lágrimas
que pacificam consciências
naquele lugar
de exauridas existências.

emilio casanova, in "No jardim dos deuses"

Nenhum comentário:

Postar um comentário