Um Sítio...Joaquim Vairinhos

Um Sítio...Joaquim Vairinhos
Poesia e Prosa

segunda-feira, 24 de setembro de 2012



quiseste

pensaste que alugando
tua alma
cedendo teu corpo
te fugia da mente
se ausentava de teu coração
a dor 

como aconteceu

ter-me perdido em teus braços
anos e anos a fio
com tudo o que era meu
sem te ter
quando saíste
naquela tórrida quarta
invernal
queimaste minha ilusão
atiraste-me
para a sórdida sensação
que estando só
encontraria na busca
de outros corpos
satisfação
para a ausência do teu

caminhei
pelos becos mais sombrios
das avenidas brilhantes
da tua cidade
percorrendo alcovas
de odores perfumados
buscando orgasmos
azedos
de uma ausência

sinto rugas nas
marcas
duma vida trágica
que vingança não consolou

resta-me
as suaves lembranças

emílio casanova, in "Só & Cia"

Nenhum comentário:

Postar um comentário